Camisa 10. Tecnologia do Blogger.

sábado, 25 de junho de 2011

Bahia perde mais cinco jogadores para jogo contra o Corinthians

Sem poder contar com Souza, vetado pelo departamento médico e pela cláusula contratual, o técnico René Simões não vai poder contar com a presença de mais cinco jogadores para a partida contra o Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h50, pelo Campeonato Brasileiro da Série A.

Dos cinco jogadores, três são por questões contratuais (Dodô, Boquita e Lulinha) e dois por suspensão (Titi e Jóbson). Com isso, o treinador vai ter problemas para pensar na melhor formação para o jogo contra o Timão.

René Simões ainda aguarda a definição sobre a situação de Ávine, que acabou deixando a partida contra o Atlético-PR no início do segundo tempo. “À princípio, é dúvida para o jogo de quarta-feira. Mas como foi uma pancada, vamos aguardar a semana”, declarou o médico Márcio Santana.

Continue lendo >>

Jogadores comemoram e chamam torcedor para Pituaçu

Depois do triunfo por 2 a 0 contra o Atlético-PR, neste sábado, os jogadores do Bahia comemoraram bastante o triunfo que o afastou da zona de rebaixamento e o levou para o meio da tabela.

“Eu entrei para ajudar o grupo e, graças a Deus, conseguimos dois triunfos seguidos. Agora vamos buscar mais vitórias e continuaremos trabalhando com seriedade para poder atuar sempre entre os titulares”, declarou Paulo Miranda.

Autor do gol, Lulinha comemorou o gol e lamentou ausência na próxima partida. “Tô fora, mas vou torcer para ganhar o jogo”. Sobre o gol, o meia acabou comentando a jogada. “Eu e o Jóbson estávamos vindo na mesma bola, porém eu senti melhor para fazer o chute e o gol”.

Novamente destaque do time, o goleiro Lomba aproveitou e fez o convite ao torcedor. “Sou mais um no time e, sem meus companheiros, não sou ninguém. Está de parabéns desde os titulares até o banco de reserva e vamos colocar o Bahia de volta ao seu lugar”. O goleiro pediu o apoio do torcedor. “Nem preciso pedir muito, pelo histórico no estádio, e quero ver o Pituaçu lotado”.

Continue lendo >>

René Simões credita triunfo ao elenco

Depois de vencer o segundo jogo consecutivo no Campeonato Brasileiro, o técnico René Simões creditou o triunfo contra o Atlético-PR às opções que possuía no banco de reservas. O treinador também elogiou Marcone, Diones, Marcos e Carlos Alberto e deu um puxão de orelha em Jóbson.

“É muito importante quando você olha para seu banco e vê jogadores para substituírem à altura os atuais titulares. E foi isso que aconteceu nessa partida. Nosso time contou com os jogadores suplentes para conquistar mais um triunfo”, declarou René Simões.

O treinador comentou sobre a participação de alguns jogadores. “O Marcos entrou muito bem e foi, para mim, excepcional na posição. O Marcone e Diones foram muito bem também. Aliás, o Diones é um jogador difícil de jogar contra. Na hora que ele tiver autoridade em campo, vai ser melhor do que já é. Outro que vem sendo fundamental é Carlos Alberto. Ele vem nos ajudando muito dentro e fora do campo”, elogiou o treinador.

Sobre os cartões amarelos, o treinador comentou que vai dar um puxão de orelha no artilheiro do Tricolor. “Antes do jogo falei com Titi e Marcone que eles não tomassem cartão bobo. Se fosse lance do jogo, seria normal. Mas, o Jóbson eu conversei com ele e vou dar um puxão de orelha por ter levado o cartão depois de chutar a bola sem necessidade”, bradou o treinador.

Questionado dos possíveis substitutos, o treinador preferiu aguardar. “Vou verificar todo o trabalho feito pela comissão técnica para poder começar a montar o time”, finalizou o treinador.

Continue lendo >>

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Renê Simões é apresentado: 'Não vejo nenhuma barca furada no Bahia'

Por Eric Luís Carvalho e Tamires FukutaniSalvador

René Simões e Marcelo Guimarães Filho (Foto: Divulgação)René Simões foi apresentado nesta quinta-feira
(Foto: Divulgação)

O técnico René Simões foi apresentado no Fazendão na tarde desta quinta-feira, onde já comandou seu primeiro treino no Bahia. René volta ao time depois de 22 anos. Desta vez, ele trouxe consigo os auxiliares técnicos Alfredo Montesso e Chico Santos, e o preparador físico Anderson Gomes.

O treinador chega com a responsabilidade de classificar o time para as semifinais doCampeonato Baiano e garantir vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Tudo isso nos próximos dois jogos: no domingo, o adversário será o Vitória da Conquista, pelo Baianão; na próxima quarta, o Bahia vai até a Arena da Baixada enfrentar o Atlético-PR pelo torneio nacional.

Por trás destes dois desafios, existe ainda a preocupação da torcida com a Série A do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 22 de maio para o Bahia. Após duas derrotas seguidas no Baiano, há dúvidas sobre a qualidade do futebol tricolor para enfrentar os clubes da Primeira Divisão.

rene simoes primeira coletiva no bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)René Simões em sua primeira coletiva no Bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

Ciente da pressão, René chegou com a filosofia de viver um dia – ou um jogo – após o outro:

- Temos um jogo importante domingo e, depois, pensamos no Campeonato Brasileiro. Primeiro, temos o Campeonato Baiano e, na quarta, a Copa do Brasil. O foco agora é no domingo. Temos um jogo de vida ou morte – diz o técnico.

Para René, a qualidade do elenco tricolor não é problema. O treinador afirma que a diretoria não está parada na busca de reforços e defende que o nível técnico da equipe não deixa a desejar, se comparado a outros times:

René Simões conversou com os jogadores e já deu pistas do que pretende mudar na equipe. O meio-campo Camacho comentou o que foi dito pelo novo professor:- Vamos pensar no Campeonato Baiano, onde não podemos mais fazer contratações. Mas, pelo que eu vi, não estamos muito abaixo de ninguém. Não vejo nenhuma barca furada no Bahia. Já peguei trabalhos muito piores - afirma.

- Pelo que conversamos, ele parece ser um bom treinador. René falou que confia no grupo, mas acredita que falta organização e que vamos trabalhar isso – diz o jogador.

Continue lendo >>

Renê Simões é apresentado: 'Não vejo nenhuma barca furada no Bahia'

Por Eric Luís Carvalho e Tamires FukutaniSalvador

René Simões e Marcelo Guimarães Filho (Foto: Divulgação)René Simões foi apresentado nesta quinta-feira
(Foto: Divulgação)

O técnico René Simões foi apresentado no Fazendão na tarde desta quinta-feira, onde já comandou seu primeiro treino no Bahia. René volta ao time depois de 22 anos. Desta vez, ele trouxe consigo os auxiliares técnicos Alfredo Montesso e Chico Santos, e o preparador físico Anderson Gomes.

O treinador chega com a responsabilidade de classificar o time para as semifinais doCampeonato Baiano e garantir vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Tudo isso nos próximos dois jogos: no domingo, o adversário será o Vitória da Conquista, pelo Baianão; na próxima quarta, o Bahia vai até a Arena da Baixada enfrentar o Atlético-PR pelo torneio nacional.

Por trás destes dois desafios, existe ainda a preocupação da torcida com a Série A do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 22 de maio para o Bahia. Após duas derrotas seguidas no Baiano, há dúvidas sobre a qualidade do futebol tricolor para enfrentar os clubes da Primeira Divisão.

rene simoes primeira coletiva no bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)René Simões em sua primeira coletiva no Bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

Ciente da pressão, René chegou com a filosofia de viver um dia – ou um jogo – após o outro:

- Temos um jogo importante domingo e, depois, pensamos no Campeonato Brasileiro. Primeiro, temos o Campeonato Baiano e, na quarta, a Copa do Brasil. O foco agora é no domingo. Temos um jogo de vida ou morte – diz o técnico.

Para René, a qualidade do elenco tricolor não é problema. O treinador afirma que a diretoria não está parada na busca de reforços e defende que o nível técnico da equipe não deixa a desejar, se comparado a outros times:

René Simões conversou com os jogadores e já deu pistas do que pretende mudar na equipe. O meio-campo Camacho comentou o que foi dito pelo novo professor:- Vamos pensar no Campeonato Baiano, onde não podemos mais fazer contratações. Mas, pelo que eu vi, não estamos muito abaixo de ninguém. Não vejo nenhuma barca furada no Bahia. Já peguei trabalhos muito piores - afirma.

- Pelo que conversamos, ele parece ser um bom treinador. René falou que confia no grupo, mas acredita que falta organização e que vamos trabalhar isso – diz o jogador.

Continue lendo >>

Após mudanças no time, Lopes relaciona três novidades; Nanía está na lista

As novidades na escalação para o jogo contra o Camaçari, sábado (16), já davam indícios de que haveria surpresas também na lista de relacionados do técnico Antonio Lopes. Não deu outra. Após o treino desta quinta, o treinador mandou quatro surpresas para a concentração.

São eles o atacante Alan Pinheiro e o volante Edson Magal, ambos do time júnior. Edson já teve chances no time principal com Lopes, enquanto Alan Pinheiro é relacionado pela primeira vez. A outra novidade é o argentino Lucas Nanía, que estava esquedido. Desde que foi regularizado, ele só entrou em duas partidas - contra o Camaçari e contra o Serrano, ambas pelas segunda fase.

Febre - O atacante Neto Baiano, até então confirmado no ataque contra o Camaça, não treinou nesta sexta. Com 38 graus de febre, o jogador foi substituído por Vitor Saba. Se Neto não jogar sábado, Lopes terá de mudar o esquema com três atacantes - Saba no meio e Rildo e Edson na frente.

Veja a lista de relacionados

Goleiros - Viáfara e Douglas;
Laterais - Léo, Ernani e Eduardo Neto;
Zagueiros - Alan Henrique, Gabriel Paulista e Reniê;
Volantes - Esdras, Mineiro, Uelliton e Edson Magal;
Meias - Saba, Lucas Nania e Júnior Timbó;
Atacantes - Neto, Rildo, Edson e Alan Pinheiro.

Continue lendo >>

René Simões: "vejo medo com o que vai acontecer na Série A. Vamos curtir"

DivulgaçãoNovo técnico do Bahia, René Simões concedeu foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira (14), no Fazendão. Otimista, o treinador tratou de convocar o apoio da nação tricolor, afirmou que o elenco não é tão ruim como dizem e emendou: "estamos na Série A. Vamos curtir esse momento".

"A classificação está totalmente aberta", diz Chiquinho de Assis após empate em Pituaçu

René Simões chega em um momento que o Bahia decide o primeiro semestre nos dois próximo jogos - Vitória da Conquista, no Baianão, e Atlético-PR, na Copa do Brasil. Para o treinador, porém, a preocupação tem que ir por etapas. "O próximo jogo é o jogo mais difícil. Estou pensando no jogo contra o Vitória da Conquista. Depois pensamos na Copa do Brasil".

O técnico, volta e meia, pedia o apoio da torcida. Para ele, a nação tricolor será fundamental na sua gestão à frente do Bahia. "A torcida tem que entender que ela faz parte do processo de recolocar o Bahia de onde o time nunca deveria ter saído. Não podemos vaiar um jogador com 25 minutos de jogo", acrescentou.

Questionado sobre seu perfil teórico, René Simões rebateu dizendo que está no futebol há mais de 30 anos. " Com esse tempo, um engenheiro não constrói só com a teoria. A experiência já conta e muito". Exemplo curioso, segundo o técnico, foi quando caiu com o Vitória em 2005 para a Série C. "Apesar da queda, foi um ano excepcional para mim. Aprendi muito".

O novo técnico do Bahia, que já começou a trabalhar, disse que não pretende indicar reforços a princípio. "Não gosto de trazer jogadores só por trazer. Vou estudar o elenco e ver onde precisaremos de reforços". Por fim, criticou a preocupação da torcida e imprensa com a Série A. "Percebo um excesso de medo com o que vai acontecer. Vamos curtir esse momento. O Bahia está de volta".

Continue lendo >>

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Joel Santana não descarta treinar no Tricolor Baiano

http://citysearchblog.yellowpages.co.za/citysearchblog/wp-content/uploads/2010/05/joel-santana_2322801.jpgUm dia após declaração polêmica, ex-técnico do Botafogo, Joel Santana, disse que há possibilidade de treinar o Bahia. Em entrevista concedia à rádio Itapoan FM, na terça-feira, Joel deixou claro que se procurado poderia aceitar treinar o Tricolor para o Campeonato Brasileiro. A assessoria de comunicação do clube informou que o técnico é um nome forte para comandar o time, mas que até o momento não há negociação.

Já sobre suas declarações no programa “Bem, Amigos!” na SportTv, na segunda-feira, Joel disse que tudo não passou de um mal-entendido. Ela nega ter chamando o Bahia de “sardinha”.

Joel Santana tem duas passagens pelo Bahia (1994 e 1999), por onde conquistou dois títulos de campeão baiano.

Continue lendo >>

Bahia x Atlético-PR: Hoje na COPA DO BRASIL

Os filósofos e vencedores de livros de auto-ajuda já sentenciaram: a vida de cada um de nós é composta por uma sucessão ininterrupta de escolhas. Quanto mais maduros e espertos nos tornamos, melhores e mais acertadas são as nossas escolhas. Pois é, ontem na entrevista do Joel Santana, os torcedores do Vitória fizeram sua escolha. Optaram por fazem o maior escarcéu quando pinçaram uma frase truncada, onde o treinador carioca insinuou dizer que o Bi-Campeão do Brasil é um peixe pequeno e usou sardinha com referência, para revolta e resposta do amigo tricolor Mauricio Guimarães.

A minha escolha é outra, seletivamente prefiro destacar na entrevista exaustivamente comentada pelos rubro-negros neste BLOG, a louca vontade do Joel Santana que, depois de velho, declinou o veemente desejo de largar o chicote, talvez debaixo de um pé de mangueira onde ele ameaça segurar e sacudir.

Mas nem sempre temos escolha, é o caso do Bahia, hoje às 21h50m em Pituaçu. O time comandado pelo interino Chiquinho de Assis só tem uma via: vencer o Atlético do Paraná, de modo que mantenha acesa e viva a esperança de continuidade no jogo de volta, no próximo dia 21, Arena da Baixada, no Paraná.

Vencer de muito é quase um sonho, vencer pura e simplesmente é transformar o jogo de volta em prenúncio de perturbação do sono para torcedor tricolor até lá. Perder é voltar à realidade e logo encontrar uma rota de fuga e começar achar que a SARDINHA do Joel, não passou de uma referência honrosa da antiga marca do enlatado 88, curiosamente, o ano em que o Bahia tornou-se Bi-Campeão Brasileiro, derrotando os afamados tubarões de rabo aberto, comumente vistos em água rasa do sul e sudeste do Brasil e ontem festejados por Joel Santana e mantido vivos, ainda que mortos pela Rede GLOBO de Televisão.

Peso por peso, o jogo se equivale, momento por momento, o Atlético-PR é o favorito ainda que pese a campanha fraca no campeonato paranaense. O problema no Bahia reside na desconfiança do torcedor tricolor, ressabiado por duas derrotas duras para adversários piabas no universo dos vertebrados aquáticos, em que se transformaram os times de futebol.

Pelo regulamento da Copa do Brasil, a partir desta fase acaba a vantagem do time visitante em eliminar o jogo da volta caso vença o primeiro confronto por dois ou mais gols de diferença. Dessa forma, a partida da volta entre o Furação e Bahia está marcada para o dia 20 de Abril (próxima quarta-feira), às 21h50, na Arena e o classificado do confronto enfrenta o vencedor de Náutico x Vasco da Gama.
 
Por: Dalmo Carrera/futebolbahiano.com

Continue lendo >>

terça-feira, 12 de abril de 2011

Joel Santana diz que o Bahia é peixe pequeno

O titulo da matéria do GLOBO ESPORTE, não retrata de jeito algum as palavras do técnico Joel Santana em relação ao Bahia, quando a referencia sobre “peixe grande e sardinha” O sentido estava dentro de uma generalidade e já fora do foco quando o assunto era a possibilidade de treinar ao Esporte Clube Bahia, como querem fazer crê os donos da matéria. ( basta assisti o video)

Aliás, a entrevista não trás nenhuma novidade, além da revelação de um profundo desejo do técnico carioca em soltar o “chicote”! Lá ele diz: Estava dizendo ali fora, que hoje vim aqui soltar meu CHICOTE... Mas desistir, mas aviso: quando soltar meu chicote ele não vai parar de bater!

De mocinho a vilão. Cogitado para assumir o lugar de Vagner Benazzi e com uma passagem vitoriosa pelo Bahia, o ex-técnico do Botafogo, Joel Santana, mexeu com a ira da torcida tricolor.


Durante entrevista no programa 'Bem, Amigos!', do SporTV na segunda-feira, Joel Santana afirmou que realmente houve sondagem do Bahia para sua contratação, mas optou pela recusa justificando:

- Estou esperando peixe grande, sardinha não!

Joel Santana disse ainda que não havia recebido proposta do Bahia e elogiou o clube, em que esteve à frente por duas oportunidades, conquistando os títulos estaduais de 1994 e 1999.

- Ganhamos um título inédito, vencendo os dois turnos. Até hoje, o Bahia festeja esse título. Agora o Bahia está com um problema, meu nome foi muito cogitado, mas não houve uma coisa concreta.

A assessoria de comunicação do Bahia informou que a direção do clube não vai comentar as declarações de Joel Santana. 
Fonte: Futebol Bahiano

Continue lendo >>

Vitória é melhor em quase tudo!

A campanha do Vitória, se for apenas observada através dos números frios que fazem as estatísticas do Campeonato Baiano, sem levar em consideração que a semifinal provavelmente será decidida com dois clássicos historicamente de resultados imprevisíveis, o Vitória já pode ser considerado pentacampeão baiano, com toda justiça.

MAS no futebol, o que vale inapelavelmente é o AGORA, que resume todo um histórico vitorioso em apenas os últimos 90 minutos, quando se conhece de fato o resultado de uma partida e a celebração de uma campanha perfeita ou até mesmo, outra mediana beneficiada por um regulamento que desconhece o passado.

Além disso, o futebol maravilhosamente é escroto permitindo a qualquer instante que o impensável possa acontecer e, vez por outra, arruína com os prognósticos mais precisos dos torcedores mais otimistas. Portanto, todo o cuidado é pouco com os números da campanha do Vitória, revelados pela Tribuna da Bahia desta terça-feira.

O Vitória não precisa vencer mais nenhuma partida, pode empatar os quatro jogos pelas semifinais e finais do Campeonato Baiano, para conquistar o título inédito de pentacampeão baiano em 2011. Os números, as estatísticas, os critérios estão ao lado do time rubro-negro, que lidera de ponta a ponta a campanha do Estadual na primeira e segunda fase, registrando até agora a marca de nove triunfos consecutivos sob o comando do técnico Antônio Lopes.

O Vitória foi o líder geral da 1ª Fase, e vai terminar a 2ª Fase também na liderança isolada, até a 17ª Rodada com o “status” de 100% de aproveitamento, venceu todos os cinco jogos que disputou em casa, no Barradão, e no interior do estado. Além disso, tem o ataque mais positivo do Campeonato Baiano, com 39 gols marcados, tem a defesa menos vazada, com 15 gols, e falta apenas “fechar o pacote” com os principais artilheiros.

Mas isso, no ritmo que o time vai – marcou 10 gols nas três últimas partidas contra Feirense duas vezes e Serrano -, isso é uma questão de mais algumas rodadas. O meia Nikão já é o vice-artilheiro com nove gols, um a menos que Sassá, do Ipitanga, que não joga mais pelo Baiano este ano. Além disso, Geovanni, com sete, e Elkeson, com seis gols, engrossam a fila no time rubro-negro pela artilharia do Campeonato Baiano.

O Vitória fecha no sábado à noite, às 20 horas, sua participação na 2ª Fase do Campeonato Baiano, jogando contra o Camaçari, no Estádio do Barradão, e acompanha a rodada de domingo, para saber quem será seu adversário nos jogos de ida e volta pelas semifinais.
Fonte: Futebol Bahiano

Continue lendo >>

Bahia: Joel é malandro, mané é mané

Essa tentação para a galhofa Joel sempre teve. Embrulhado já com seu inglês ele atropelou a seleção africana, foi despedido e seu inglês foi digno de zombaria.

Agora, Joel reinventou-se com a sardinha. Está certo Joel, a "sardinha" e o "tubarão" não se equivalem. Afinal, os "tubarões" moram no eixo Rio-São Paulo, enquanto as "sardinhas", sem o mesmo peso político e financeiro, estão principalmente concentrados do nordeste.

Contudo, existem clubes que fogem a certos estigmas pela sua própria grandeza. O que é de menor importância deve-se dar menos relevância se não tratasse do Bahia. Falou do Bahia, cunhou já a importância. O Bahia, Joel sabe, não é um time qualquer. O Bahia é uma questão de orgulho da Bahia esportiva.

Já outros clubes nordestinos são dignos de omissões.

Na moral, véio! Se pensou em papar essa do Joel se deu mal. Joel é malandro, mané é mané.

Continue lendo >>

Alexi Portela é internado às pressas no Hospital Português mais passa bem

http://2.bp.blogspot.com/_Lz2natNvSks/TQtW8bp_aaI/AAAAAAAADU4/Z1Ic2Cs_I8k/s320/alexi.jpgDepois de passar por um cateterismo, realizado pelo doutor José Carlos Brito,  no Hospital Português, o presidente do Esporte Clube Vitória, Alexi Portela Júnior, já teve alta nesta manhã. Essa informação foi confirmada pelo diretor de futebol do Leão, Beto Silveira, em contato com o Bahia Notícias.

- Essa notícia que Alexi infartou não procede. Ele sentiu um mal estar no domingo e foi para o Hospital Aliança, perto da sua casa. Mas, somente nesta terça-feira, ele finalizou os exames no Hospital Português. Ele já teve alta e deve estar a caminho de casa - disse.

No domingo, Portela, após sentir-se mal, seguiu para o Hospital Aliança, próximo de sua residência. Contudo, nesta segunda, ele se queixou novamente de dores e deu entrada no Português, onde permaneceu até esta manhã sob a supervisão dos médicos.

A esposa de Portela, Sr. Rita, e a assessoria de imprensa do hospital, em contato com o BN nesta manhã, afirmaram que tudo não passou de um susto e o mandatário rubro-negro está a caminho de casa.

POR BAHIA NOTÍCIAS

Continue lendo >>

Luta para não cair agora é no Tribunal

O Torneio da Morte, que apontaria os dois clubes que cairiam para a 2ª Divisão do Campeonato Baiano em 2012, terminou no domingo. Mas dos quatro clubes que disputaram o quadrangular, Fluminense, Colo-Colo de Ilhéus, Ipitanga de Senhor do Bonfim e Juazeiro, apenas o primeiro, de Feira de Santana, tem garantida sua permanência na 1ª Divisão do Estadual.
A disputa dos jogos terminou em campo, mas começa hoje uma provável competição nas barras do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Bahiana de Futebol. É que depois do Fluminense, com 11 pontos ganhos, o Ipitanga, com nove, o Juazeiro, com oito, e o Colo-Colo, último colocado, com seis pontos ganhos e virtualmente rebaixado por antecipação, pode ser beneficiado pelo TJD da FBF e ficar com a segunda vaga para disputar a 1ª Divisão de 2012.
O Ipitanga, que dentro de campo ficou em 2º lugar, deve ser julgado e perder pontos pela escalação do volante Léo, Leandro Assis de Santana, contra o Fluminense, sem cumprir a suspensão automática do 3º cartão amarelo. O Juazeiro, que neste caso ficaria com a segunda vaga do Quadrangular da Morte, também deve ser julgado pelo Tribunal da Federação Bahiana de Futebol, e se comprovada a denúncia, perderá pontos, sendo o Colo-Colo beneficiado com a permanência na 1ª Divisão.
O dirigente do Ipitanga, Renatinho, tem uma denúncia sobre um jogador do Juazeiro que teria usado Certidão de Nascimento falsa para se inscrever no Campeonato Baiano. Ele não quis revelar o nome do jogador, por razões de sigilo jurídico, mas revelou que o atleta é menor de idade e seus pais não assinaram a autorização para seu registro como jogador, o que se supõe que alguém teria falsificado seu registro de nascimento.

Continue lendo >>

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Giro pela rodada do baianão 2011

http://www.blogdaresenhageral.com.br/v1/wp-content/uploads/p221.jpg



TABELA DE CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO BAIANO 2011 - 2ª FASE



Grupo 3

CLUBEPGJVEDGPGCSG
1 Bahia de Feira95302770
2 Bahia 75212642
3 Vitória da Conquista7521211110
4 Atlético6520368-2

Grupo 4

CLUBEPGJVEDGPGCSG
1 Vitória 1555001459
2 Serrano6520356-1
3 Feirense4511359-4
4 Camaçari4511326-4



Grupo 5 (REBAIXAMENTO)

CLUBEPGJVEDGPGCSG
1 Fluminense116321853
2 Ipitanga9630311110

Continue lendo >>

  ©Camisa 10 - O Futebol Baiano e Brasileiro em um só lugar! - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo